Desabafos

#11

Até 14 de Outubro toca a trabalhar mais 1h por dia. Ah, e sábados de manhã, logo às 7h para abrir a pestana! E o patrão mete assim um aviso afixado, sem perguntar se a malta pode, como se uma pessoa não tivesse vida própria fora do trabalho. 

*Apetece mandar para aquele sítio!!

Anúncios
Padrão
Desabafos

#10

Desde que arranjei o trabalho onde estou, em Maio, que deixei de procurar ofertas na minha área. Decidi dedicar-me a este emprego e aplicar-me, até porque ninguém gosta de ser despedido por não saber fazer as coisas ou por não agradar ao patrão por algum motivo.

No entanto, apesar de gostar muito das colegas (somos 10 mulheres… e muita mulher junta não dá bom resultado 😂) e até dos patrões e apesar de já me sentir à vontade com as tarefas, só há uma coisa que me estraga a moral de vez em quando: uma colega com um feitio de merda!! Raio da gaja que tem de atazanar o juízo a uma pessoa. Irrita-me porque eu estou quieta no meu canto a trabalhar e ela, em vez de estar concentrada só no trabalho dela, está constantemente a ver o que as outras fazem para depois criticar ou apontar o que estamos a fazer mal (na cabeça dela).
Santa paciência, detesto pessoas assim, más, que fazem por prejudicar os outros. No início ainda procurava conversar com ela, mas à medida que o tempo foi passando e comecei a perceber como funciona e o tipo de pessoa que é, afastei-me e só lhe falo quando é necessário. É triste porque é uma moça nova mas com um feitio tão azedo e uma maneira de ser sempre stressada que aos 40 vai parecer uma velha ressabiada 😛

Consola-me saber que as outras colegas também não gostam dela e que estão atentas. Agora é saber lidar no dia-a-dia com uma pessoa assim de maneira a que não me desconcentre nem me desmotive.

Padrão
Desabafos

#9

Não entendo como é que uma pessoa consegue passar do 8 ao 80 numa questão de minutos. Pergunto-me se essas pessoas são bipolares ou se gostam de conflitos. Depois penso que talvez haja ali alguma coisa acumulada e, como não o partilham connosco, têm aqueles repentes absurdos. Não tenho paciência, por isso o melhor é afastar-me.

Padrão
Desabafos, Sobre mim

#8

Durante a minha adolescência não me dava nada bem com a minha mãe. Tínhamos uma maneira muito diferente de ver a vida e chocávamos muito por isso. Hoje em dia, apesar de continuarmos a ver certos aspectos da vida de forma diferente, já nos damos muito melhor – fruto da distância e de algumas mudanças de temperamento de parte a parte.

No entanto, se há algo em que somos iguais é o facto de nos preocuparmos com os outros, sobretudo as pessoas de quem gostamos. Damos muito de nós, mas isso nem sempre é retribuído ou bem entendido.

É por isso que, ao contrário da minha mãe que não atinge este nível, eu já estou naquela fase com certas pessoas em que deixo que se virem sozinhas. Porque chega a um ponto em que não podemos permitir que abusem de nós. Como se diz nesta terra, puta que pariu! Um dia dão o valor 💪

Padrão
Desabafos, Vida a dois

#7

Esta semana temos tomado algumas decisões importantes. Nada acontece por acaso e os acontecimentos proporcionam-se para que seja necessário agir, tomar atitudes. A inércia sempre foi algo que me enervou e ele tem tendência para deixar as coisas andarem. Depois isso faz com que nos aborreçamos sem necessidade – na minha opinião. Porque eu sou uma pessoa que gosta de resolver os problemas na hora e ele prefere evitá-los.

Nada se resolve sozinho e o tempo nem sempre faz com que as coisas aconteçam. É preciso sermos nós a fazermos a nossa parte mas, sobretudo, é preciso estarmos atentos às pessoas que nos rodeiam, sermos uma equipa e só partilharmos os acontecimentos quando necessário. Ninguém tem de saber tudo da nossa vida, ainda mais num meio pequeno como aquele onde moramos.

Padrão
Ginásio

#6

Demorou um bocadinho, mas lá me increvi num ginásio. Esperei que o homem terminasse a permanência obrigatória com o ginásio onde estava e ontem fomos fazer a nossa inscrição no Clube do Rio. É um espaço que foi remodelado recentemente, por isso tem equipamentos novos e várias salas onde são dadas as diversas aulas. No meu caso interessa-me experimentar yoga, pilates e zumba pela primeira vez.

Apesar de sempre ter feito desporto, nunca frequentei um ginásio e confesso que me assustava um pouco a ideia de imensas pessoas juntas no mesmo espaço, tudo ali a suar em bica. Sou um bocadinho claustrofóbica, prefiro o ar livre :mrgreen: Correr, andar de patins ou bicicleta e nadar (porque é água) é mais a minha praia. Mas quero superar algumas ideias pré-concebidas que tenho dos ginásios e começar a cuidar do corpo de outra forma. Numa primeira fase quero continuar com a piscina, descobrir o yoga e o pilates de uma forma terapêutica. Depois, porque apesar de ser magra a idade não perdoa, quero tonificar e definir aquelas zonas que toda a mulher se queixa: braços, barriga, rabiosque e pernas. Isto é um plano muito bonito na teoria, a ver vamos como corre a prática 😁

Apanhámos uma promoção e por 33€ vou frequentar o ginásio 3 vezes por semana, no horário que eu quiser, com direito a avaliações regulares com um PT, planos de treino e consultas de nutrição. Não acho caro, mas por 33€ é bom que eu não falhe 😂 Me aguardem.

Padrão