Sobre mim

#23

Não tomei nenhuma decisão para este ano, antes pedi que fosse um ano de harmonia, tranquilidade e paz interior. Mas também sei que para isso preciso fazer acontecer. Nunca fui pessoa de esperar que as coisas apareçam, o único jeito é ir e arriscar. Foi por isso que dei por mim em livrarias à procura de livros de mandalas, para pintar. As mandalas são símbolos de paz interior e esta actividade mindfulness é exactamente aquilo que preciso para me concentrar em mim mesma, na minha procura – sempre contínua – da minha voz interior, do meu eu pequenino mas tão imenso em sonhos e vontades.

Este livro é perfeito por ter uma capa dura de cartão, o que significa que é muito prático pintar com ele na mão. Ficou por pouco mais de 5€ e tem umas cem mandalas à espera de serem pintadas. As folhas podem ser retiradas e guardadas à parte. Numa ida ao Jumbo, foi lá que o encontrei. Trouxe mais dois livros semelhantes da Fnac, mas este tem sido o preferido.

Todas as noites, se nada me agrada na televisão, desligo-a, tiro o som do telemóvel e digo ao homem para jogar os jogos dele de futebol no PC em silêncio 😂 E durante um bocado fico ali solta nas cores e na mente. Sem pensar em nada, simplesmente a esvaziar os pensamentos e a apreciar o momento de relaxamento do corpo, da cabeça e da alma. E é isso que me torna mais consciente de mim mesma e desta procura pela paz que me cerca.

Anúncios
Padrão